Author: Carlos Muller
Date: 3 de setembro de 2021
Checklist de manutenção da sua moto aquática

A manutenção é muito importante para manter a moto aquática em condição segura de operação. A moto aquática deve ser consertada de acordo com o plano de manutenção. Uma oficina de reparo ou uma pessoa que o proprietário escolher pode realizar a manutenção, substituir ou reparar os dispositivos e sistemas de controle de emissão.

Confira algumas ações que devem ser feitas, em frequências específicas, para garantir a manutenção preventiva do seu Jet Ski.

Após cada passeio em água salgada ou suja:

  • Enxágue o compartimento do motor com água fresca e drene a água salgada
  • Enxágue o sistema de escapamento

Mensalmente em água salgada ou suja:

  • Borrife um lubrificante anticorrosivo nos componentes metálicos no compartimento do motor (a cada 10 horas de uso em água salgadas)
  • Inspecione se há ânodo sacrificial

Todos os anos na pré-temporada ou 100 horas de operação (o que ocorrer primeiro):

  • Inspecione se há ânodo sacrificial
  • Verifique se há códigos de falha
  • Toque o óleo e o filtro do motor
  • Inspecione o sistema de arrefecimento (nível do líquido de arrefecimento, mangueiras e possível e vazamento dos fixadores)
  • Visualmente inspecione a conexão entre o corpo do acelerador e o coletor de admissão
  • Inspecione a admissão de ar quanto a danos nas mangueiras e braçadeiras
  • Inspecione as conexões elétricas e fixações (sistema de ignição, sistema de partida, injetores de combustível, caixas de fusíveis, etc.)
  • Verifique a operação do O.T.A.S. (se equipado)
  • Inspecione visualmente a área em torno do anel de carbono e da coifa de borracha do eixo de transmissão para ver se apresentam os seguintes sinais de falha: pó de carbono preto e borrifos de água (se aplicável)
  • Inspecione o impulsor e a coifa
  • Visualmente inspecione o impulsor e o anel de desgaste quanto a arranhões profundos, entalhes e ranhuras.
  • Remova a tempo do impulsor e veja se há sinais de intrusão de água
  • Inspecione visualmente a bucha da placa deslizante do câmbio quanto à folga excessiva
  • Inspecione a tampa do combustível, o gargalo de enchimento, o tanque de combustível, as cintas do tanque de combustível, os tubos de combustível e as conexões.

A cada 2 anos ou 200 horas de operação (o que ocorrer primeiro):

  • Substitua as velas de ignição
  • Inspecione o supressor de chamas
  • Inspecione e lubrifique as ranhuras do eixo de transmissão/PTO
  • Valide a condição do rolamento virando manualmente o impulsor e verificando se há folga radial no eixo ou ruído
  • Verifique e lubrifique as estrias do eixo de transmissão e do impulsor.
  • Inspecione e lubrifique a luva do PTO e substitua a vedação de óleo e ambas as vedações de água.

A cada 300 horas ou 5 anos:

  • Troque o líquido de arrefecimento

 

Combustível

Procure abastecer sempre em postos que você já conhece e cujo combustível nunca causou problemas. Outro ponto que merece atenção é a validade da gasolina. Isso porque, se o combustível estiver parado no tanque há mais de dois meses, o ideal é trocá-lo por completo.

 

Transporte

Na hora de transportar seu Jet Ski, certifique-se de que a carreta escolhida é adequada para o tamanho e o peso da sua moto aquática. Prenda bem o equipamento, utilizando cintas do tipo catraca, e não se esqueça de prender também o banco. Posicione bem a carga sobre a carreta e certifique-se de que a calibragem dos pneus está adequada. O uso de capas protetoras, embora não seja obrigatório, ajuda a proteger a pintura do Jet Ski.

Categories:
Tire suas dúvidas

Confira perguntas e respostas frequentes